Logo do Blueprint
Fechar

Consultor imobiliário: tudo o que você precisa saber sobre consultoria no mercado de imóveis!

Você pretende se tornar um consultor imobiliário? Veja o que precisa saber antes de decidir seguir essa carreira no mercado de imóveis!

mercado de imóveis oferece diversas oportunidades para quem deseja seguir uma carreira nesse setor. Uma das possibilidades é a profissão de consultor de imóveis. Ele é o especialista que, como o nome indica, presta o serviço de consultoria no ramo imobiliário. 

Contudo, uma vez que esse profissional tem funções similares às do corretor de imóveis, há certa confusão entre as duas profissões. Para ter clareza sobre cada uma delas, vale a pena entender melhor o que é um consultor de imóveis e conhecer as características que o diferenciam do corretor.

A seguir, acompanhe as principais informações sobre a profissão de consultor imobiliário!

O que é e o que faz um consultor de imóveis?

Para começar, é preciso entender o que é e o que faz um consultor imobiliário. Ele é um profissional que fornece consultoria especializada em transações imobiliárias. Portanto, seu trabalho é oferecer conselhos e orientações para ajudar o cliente a fazer a melhor escolha.

Por exemplo, se uma incorporadora desejasse construir um empreendimento em determinado terreno, o consultor realizaria uma pesquisa de mercado nessa região. Depois, ele elaboraria um estudo de viabilidade econômica, apresentando suas descobertas e suas percepções.

Fluxo de processos para consultor imobiliária contendo 3 etapas: Incorporadora, consultor imobiliário e terreno.
Fluxo sobre consultoria imobiliária. Fonte: Blueprint

Com base nessas informações, o consultor imobiliário conseguiria orientar a empresa na tomada de decisão. Dessa forma, é possível perceber que esse profissional tem um papel importante no desenvolvimento dos negócios relacionados ao mercado de imóveis.

No entanto, seu público não se limita às incorporadoras. O consultor imobiliário também pode prestar serviços de consultoria para corretoras, empresas de investimento, investidores, construtoras, imobiliárias e, até mesmo, pessoas físicas — como você verá a seguir.

Quais são as categorias de consultoria imobiliária?

Você já conheceu um pouco mais sobre a profissão de consultor de imóveis e percebeu que esse profissional pode trabalhar com uma variedade de clientes. Logo, ele pode oferecer diferentes modalidades de consultoria imobiliária, conforme seu público.

Aqui estão alguns exemplos das categorias de consultoria de imóveis:

1. Incorporação imobiliária

Vimos que o consultor de imóveis oferece serviços de consultoria para as incorporadoras imobiliárias. Desse modo, o profissional pode ajudar essas empresas a determinar se um projeto é financeiramente viável ou não a longo prazo.

Para estudar a viabilidade econômica de um empreendimento imobiliário, o consultor de imóveis precisa analisar a aceitação de um novo produto pelo público. Além disso, ele deve calcular a estimativa do retorno do projeto e considerar o tamanho do mercado consumidor.

2. Construção de propriedades

O consultor imobiliário também pode ser contratado pelas construtoras para orientá-las no desenvolvimento de empreendimentos para lançamentos imobiliários. Nesse caso, a sua função principal é entender qual é o padrão de imóvel que atrai determinado público.

Para tanto, o consultor realiza uma pesquisa no mercado para descobrir as preferências dos consumidores de uma região específica. Após essa etapa, o profissional precisa compilar as principais informações em um relatório que será apresentado ao cliente.

Por meio desse documento, o consultor imobiliário pode ajudar as construtoras a desenvolver imóveis fiéis aos desejos e às necessidades do público-alvo das incorporadoras imobiliárias. Percebeu como o trabalho dele também é importante para essas empresas?

3. Residencial

Alguns consultores imobiliários oferecem serviços de consultoria para os consumidores finais, ou seja, para as pessoas físicas. Aqui ele pode ajudar tanto o comprador quanto o vendedor a tomar decisões bem-informadas sobre as transações imobiliárias para evitar problemas no processo.

Por exemplo, o profissional pode mostrar as propriedades para os potenciais compradores e oferecer todas as informações essenciais para o fechamento do acordo. Ele também pode ficar responsável por preparar a documentação necessária para o contrato de venda ou aluguel. 

4. Investimento imobiliário

Por fim, o consultor de imóveis pode prestar consultoria no mercado financeiro. Assim, se os investidores precisarem de ajuda para adicionar alternativas compostas por imóveis na sua carteira de investimentos, eles podem contratar esse profissional para auxiliá-los no processo.

Também é possível que o consultor atenda às gestoras de fundos de investimento imobiliário. Nesse caso, ele pode orientá-las na escolha dos empreendimentos que possam oferecer bons retornos financeiros para contribuir com a valorização das cotas do fundo.

Nesse objetivo, as funções do consultor consistem em realizar um estudo de mercado e uma análise econômica, entre outras atividades. Dessa forma, ele pode aumentar a chance de que a escolha tanto dos investidores quanto dos gestores seja uma boa decisão financeira.

Anuncie seus lançamentos imobiliários no Apto!

Quais as diferenças entre consultor imobiliário e corretor de imóveis?

Ao falar sobre as profissões do mercado imobiliário, é comum as pessoas se questionarem sobre a diferença entre o consultor e o corretor de imóveis. De fato, essas profissões possuem certas funções em comum. 

Por isso, antes de prosseguir, é interessante ver as características que as diferenciam. Confira a seguir!

Áreas de atuação

Como você viu, o consultor imobiliário presta uma consultoria especializada em diversas transações imobiliárias. Enquanto isso, o corretor é o profissional responsável por intermediar a compra, a venda ou a locação de uma propriedade — e fazer a avaliação de imóveis.

Habilidades de trabalho

Entre as habilidades essenciais de um consultor imobiliário estão a capacidade analítica e a adaptabilidade — como você verá mais adiante. Já os principais talentos de um corretor de imóveis são o poder de negociação, argumentação e capacidade de convencimento. 

Requerimento educacional

Para atuar como consultor imobiliário, não é exigido do profissional nenhuma qualificação técnica. Por sua vez, o corretor de imóveis deve realizar um curso voltado para a profissão de corretagem, como o Curso Técnico em Transações Imobiliárias ou Curso Técnico de Negócios Imobiliários.

Registro em órgão competente

O consultor imobiliário não precisa ter registro em nenhum órgão competente para exercer sua profissão. Por outro lado, o corretor de imóveis deve ter um cadastro no Conselho Regional de Corretores de Imóveis (CRECI) para atuar no mercado. 

Remuneração 

Normalmente, o consultor imobiliário recebe um valor específico por um serviço prestado. Ele pode cobrar por horas, dias ou meses trabalhados. Já o corretor de imóveis costuma ganhar pelos resultados e pelas metas alcançadas.

Com base nessas informações, é possível perceber que esses dois profissionais desempenham funções diferentes, embora seus deveres possam se sobrepor em determinados momentos. Isso acontece, por exemplo, no caso de uma consultoria residencial.

Como é o mercado de trabalho para o consultor imobiliário?

Até aqui você viu diversos detalhes sobre a atuação do consultor imobiliário. No entanto, ainda falta entender mais sobre o mercado de trabalho para esse profissional. Assim, é possível identificar as oportunidades que ele pode oferecer para quem deseja atuar nessa área.

Veja, a seguir, quais são as perspectivas de carreira e salários para a profissão de consultor!

Perspectivas de carreira

As perspectivas para a carreira de consultor imobiliário estão diretamente ligadas às expectativas do mercado imobiliário para os próximos anos. Afinal, essas informações permitem verificar se esse setor promete grandes oportunidades para os profissionais da área.

Desde 2020, o mercado de imóveis se manteve aquecido. Naquele ano, foi registrada uma alta de 26,1% nas vendas de propriedades residenciais. Uma das justificativas para esse movimento foi o aumento na busca por casas e apartamentos que se adequassem ao novo perfil de consumidor.

A tendência de crescimento continuou em 2021, mas desacelerou levemente devido aos custos de produção — que encareceram o preço dos imóveis. Nesse período, o aumento na aquisição de imóveis foi de 22,5%.

Segundo os especialistas do setor, espera-se que o mercado de imóveis continue em ascensão em 2022 devido à elevada oferta de crédito imobiliário. Assim, é possível concluir que haverá boas oportunidades para os profissionais dessa área — incluindo o consultor imobiliário.

Salários

Agora você já conhece as perspectivas para a carreira de consultor imobiliário. Entretanto, para compreender, de fato, como é o mercado de trabalho para esse profissional, ainda é importante saber o quanto ele ganha. 

O consultor imobiliário pode atuar de modo independente ou em parceria com uma empresa de consultoria. Ele também tem a possibilidade de trabalhar diretamente em uma organização que demanda bastante os seus serviços.

Por isso, a remuneração dos profissionais dessa área depende de diversos fatores. Por exemplo, a sua forma de atuação no mercado de trabalho e, consequentemente, a quantidade de projetos fechados ou o número de horas, semanas ou meses trabalhados. 

A formação acadêmica, a experiência na área, a localização geográfica e o porte da empresa para a qual trabalha ou presta serviços também influenciam nos ganhos do consultor imobiliário. Portanto, para saber quanto ganha esse profissional, é necessário analisar todos esses aspectos.

Como se tornar um consultor imobiliário?

Depois de aprofundar seus conhecimentos sobre o cargo de consultor imobiliário e conhecer o mercado de trabalho para esse profissional, você pode ter interesse na área. Se esse for o seu caso, vale a pena descobrir como seguir carreira nesse segmento.

Confira, a seguir, o que você precisa fazer para se tornar um consultor imobiliário!

1. Defina a sua especialidade 

Como você viu, existem diversas categorias de consultoria que se enquadram no ramo imobiliário: incorporação, construção, residencial e de investimentos. É importante escolher uma opção para direcionar seus esforços e, assim, aumentar as chances de contratação.

Para decidir a área que você deve seguir, é fundamental considerar diversos aspectos, como a vocação, a concorrência, a rotina diária de trabalho e o salário. Também é essencial analisar os desafios a serem resolvidos e as responsabilidades que você pode encarar nessa função.

2. Aprimore os seus conhecimentos

Para oferecer conselhos valiosos aos seus clientes, o consultor deve ter um conhecimento profundo sobre o mercado imobiliário. É preciso aprender, por exemplo, as terminologias relacionadas a esse setor, as leis específicas e as técnicas para avaliar um imóvel.

Além disso, o consultor imobiliário deve entender mais sobre as áreas nas quais deseja atuar. Ao fazer isso, você será capaz de avaliar quais informações podem ser úteis para o seu público. 

Se você deseja, por exemplo, oferecer consultoria para investidores ou gestores, então precisa procurar entender sobre fundos imobiliários. Ter um conhecimento profundo será um diferencial para obter autoridade na área.

3. Adquira habilidades específicas

O consultor imobiliário também deve desenvolver habilidades específicas para dar assistência aos seus clientes. Um exemplo é a capacidade analítica. Ela serve para analisar e interpretar dados, bem como identificar tendências ou padrões relevantes.

Esses elementos ajudam a orientar a tomada de decisão dos clientes. Como consultor imobiliário, você também precisa ter adaptabilidade, ou seja, poder acompanhar as mudanças do mercado e contextualizá-las conforme o tipo de negócio do interessado.

Além disso, o profissional do setor de imóveis deve desenvolver habilidades interpessoais, como empatia e cordialidade. Afinal, você estará trabalhando em uma carreira focada no cliente. Portanto, precisará saber como se relacionar bem com seu público para conseguir bons resultados.

O que fazer para ser um corretor de imóveis? 

Você viu neste conteúdo que diversos profissionais atuam no mercado imobiliário. Além do consultor, o corretor de imóveis talvez seja o mais conhecido — por atuar diretamente com o consumidor final. 

Assim, se você pretende trabalhar com esse público, pode valer a pena se profissionalizar como corretor. Para ajudar você a entender o que fazer para ser um corretor de imóveis, veja como esse processo é realizado!

Atenda aos requisitos básicos

O primeiro passo para ser um corretor de imóveis é atender aos pré-requisitos básicos exigidos para o exercício da profissão. As condições indispensáveis à atuação profissional nesse caso são: ter mais de 18 anos e ensino médio completo. 

Conclua o curso específico na área

Depois de atender aos requisitos básicos, é necessário concluir o curso específico de corretor de imóveis e realizar o estágio supervisionado. O Técnico em Transações Imobiliárias (TTI) é um exemplo de formação para quem deseja se tornar um corretor.

Solicite o registro no CRECI

Com a certificação em mãos, ainda é preciso solicitar o registro no CRECI. Ele é o órgão responsável por fiscalizar e disciplinar a profissão de corretor de imóveis. Portanto, para exercer essa atividade, é obrigatório se cadastrar nessa instituição.

Neste conteúdo, você pôde conhecer um pouco mais sobre a profissão de consultor imobiliário e de corretor. Com essas informações, é possível começar a avaliar qual possibilidade melhor se adéqua ao seu caso e escolher o seu caminho profissional!

Gostou do conteúdo? Aproveite a visita e leia também sobre os principais cursos e pós-graduação de negócios imobiliários!

Foto do autor Vince
Por Vince

Índice
  • O que é e o que faz um consultor de imóveis?
  • Quais são as categorias de consultoria imobiliária?
  • Quais as diferenças entre consultor imobiliário e corretor de imóveis?
  • Como é o mercado de trabalho para o consultor imobiliário?
  • Como se tornar um consultor imobiliário?
  • O que fazer para ser um corretor de imóveis?
Categorias
Faça parte do Blueprint

Assine Grátis e receba a news semanal com os melhores conteúdos do mercado imobiliário.

Quer relatar sobre algum erro? Avise a gente
Compartilhe: