Logo do Blueprint
Fechar

Growth marketing no mercado imobiliário: quais os impactos sobre as vendas no setor?

Você sabia que o growth marketing pode aumentar as vendas no mercado imobiliário? Entenda como essa estratégia funciona!

Neste artigo, você entenderá mais sobre o growth marketing no mercado imobiliário e verá como ele pode impactar as suas vendas.

O mercado imobiliário é um dos mais fortes da economia brasileira. Como consequência disso, a concorrência no setor é alta, sendo preciso encontrar formas de estabelecer sua empresa e aumentar as vendas. Nesse cenário, o growth marketing pode ser uma estratégia interessante. 

Essa metodologia tem o objetivo de ampliar o potencial das suas campanhas de marketing e gerar um crescimento exponencial nas suas vendas — com reflexos que podem perdurar no longo prazo. Desse modo, ele pode ser um diferencial para quem atua em um setor tão competitivo.

Neste artigo, você entenderá mais sobre o growth marketing no mercado imobiliário e verá como ele pode impactar as suas vendas. Aproveite a leitura!

O que é growth marketing?

marketing digital se estabeleceu como uma estratégia capaz de possibilitar resultados positivos para uma empresa. Aproveitando a transformação digital que a sociedade vive, essa prática usa a tecnologia para otimizar planejamentos de comunicação e vendas dos negócios.

Durante muitos anos, as organizações precisavam usar apenas os meios tradicionais para gerar visibilidade para sua marca. Anúncios em jornais, comerciais na televisão e outdoors em grandes avenidas eram uma forma de divulgar o trabalho de uma empresa — independentemente do seu setor.

Porém, essas alternativas não garantiam que o público-alvo fosse alcançado. Por exemplo, uma empresa do setor imobiliário poderia criar um comercial para circular no horário nobre de sua cidade. 

No entanto, não há como ter certeza que ele conseguiria atingir as pessoas que estão interessadas em comprar um imóvel. Afinal, os anúncios seriam veiculados para um público amplo, sem nenhuma segmentação para encontrar os interessados em imóveis.

Principais características do growth marketing: melhores resultados, direcionamento de ações, mais chances de impactar o público-alvo e campanhas segmentadas.
Confira quais são as principais características do growth marketing. Fonte: Blueprint

Nesse sentido, os canais digitais permitiram maior eficiência para o marketing. Por meio deles, é possível desenvolver campanhas segmentadas, que terão mais chances de impactar o público-alvo da empresa.  

Assim, o growth marketing é uma evolução no meio do marketing digital. Em uma tradução livre, ele também é chamado de “marketing de crescimento”, justamente por visar a resultados exponenciais para as empresas que o adotam.

No growth marketing, o foco está em identificar os pontos-chave para as campanhas de marketing. Logo, em vez de dividir esforços, a empresa ou o profissional do mercado imobiliário consegue direcionar suas ações e, por consequência, gerar melhores resultados. 

Essa metodologia ganhou popularidade ao ser aplicada em startups — que são empresas conhecidas pela disrupção em suas operações. Depois, o growth marketing se expandiu e passou a levar resultados positivos para diversos setores. 

Para que serve o growth marketing?

Agora que você entendeu o que é o growth marketing, é preciso saber para que esse tipo de estratégia serve. Em primeiro lugar, ele é uma forma de reduzir os custos operacionais do seu planejamento, enquanto contribui para o aumento da eficiência. 

Como você viu, estratégias de marketing tradicionais não costumam assegurar que você consiga impactar o público desejado. Já no meio digital, e principalmente por meio do growth marketing, você pode ampliar significativamente as chances de sucesso das suas campanhas. 

Definição da persona de um negócio bem-sucedido.
A definição da persona é essencial para um negócio bem-sucedido, sobretudo quando o assunto é growth marketing. Fonte: Blueprint

Usar o growth marketing também é uma forma de conhecer melhor a sua persona. Ao entender mais claramente com quem você está se comunicando durante as campanhas, há chances de aumentar as vendas do seu negócio.

Essa compreensão acerca do público-alvo também é um elemento importante no pós-venda da sua empresa. Isso porque você poderá pensar em campanhas de retenção e de fortalecimento do seu relacionamento com os possíveis consumidores. 

Por fim, o growth marketing contribui para a escalabilidade do seu negócio. Como o foco dele é usar estratégias mais eficientes em suas campanhas, a estratégia permite que sua empresa possa crescer de maneira mais acelerada e com menos custos. 

Quais as vantagens do growth marketing para o setor imobiliário?

Entendeu mais sobre os impactos dessa estratégia? Agora, é válido conhecer as vantagens que o growth marketing pode oferecer ao setor imobiliário. 

Confira os principais pontos! 

Atração de novos clientes em potencial

A internet trouxe diversas praticidades para o cotidiano dos consumidores. Com ela, em poucos cliques, a pessoa consegue tirar suas principais dúvidas sobre produtos e empresas — e também se informar sobre seus problemas e suas necessidades. 

Para entender melhor o alcance da internet, imagine uma pessoa que deseja comprar um novo apartamento para morar com a família em São Paulo. Nesse sentido, ela pode facilmente usar o Google para buscar “imóveis para venda em São Paulo” e analisar as alternativas que aparecem.

Página de buscas para o termo "apartamentos à venda em São Paulo" no site do Apto, maior marketplace de imóveis novos do Brasil.
No Apto, a estratégia pensada para SEO, isto é, o foco nas palavras-chave, é essencial, sobretudo na página de buscas de imóveis. Fonte: Apto

Além disso, é possível segmentar ainda mais a pesquisa ao selecionar um bairro específico em São Paulo. Logo, os resultados estarão mais alinhados com o que essa pessoa está buscando para seu momento de vida.

Dessa maneira, se a sua empresa aplicar uma estratégia que tenha foco nessas palavras-chave, as chances desse cliente em potencial encontrá-la são maiores. Então, a medida contribui para gerar um fluxo regular de novos leads para o seu time de vendas.

Outra vantagem do growth marketing é a possibilidade de reduzir custos operacionais. Isso acontece porque foi o próprio cliente que encontrou sua empresa e deu o primeiro passo para a negociação. Portanto, é possível otimizar o trabalho da sua equipe de vendas. 

Fortalecimento da presença digital

Como você aprendeu, o seu cliente usa os canais digitais para tomar decisões. Além disso, as principais concorrentes do seu negócio também estão on-line executando estratégias para atrair essas pessoas e gerar vendas. 

Logo, é fundamental que você consiga fortalecer a presença digital da sua empresa. Essa é uma forma de contribuir para a estabilização e a longevidade da sua operação — visto que negócios que não se adaptarem à transformação tecnológica podem ficar para trás. 

Desse modo, como o foco do growth marketing está no trabalho em elementos-chave da sua empresa, ele colabora para o fortalecimento da sua presença digital. Assim, a estratégia permite que ela seja mais competitiva em um meio disputado como o setor imobiliário. 

A presença on-line forte também é uma estratégia para construir autoridade para você. Além de se estabelecer, sua empresa poderá se tornar uma referência no meio. Essa característica é essencial para a maior escalabilidade na operação. 

Confira mais conteúdos sobre marketing e anuncie conosco!

Fortalecimento do relacionamento com seu público

Você entendeu que é possível gerar resultados mais interessantes quando suas campanhas atingem o público-alvo. A partir da estratégia, a sua empresa atrairá novos leads e o time de vendas poderá trabalhar de maneira mais efetiva na conversão.

Ainda, as estratégias de growth marketing têm mais um ponto positivo: a retenção. Como você percebeu, uma das características que mais se sobressai nesse tipo de estratégia é a possibilidade de conhecer a persona. Isso significa que é possível ir além da conversão.

Você pode, portanto, aumentar a fidelização dos clientes. Para isso, é preciso manter o público ativo e engajado com a operação da sua empresa. Essa é uma das principais técnicas para aumentar o Lifetime Value (LTV) — essa métrica diz respeito a todos os seus ganhos com um mesmo cliente. 

Além disso, outro ponto relevante é que a fidelização também auxilia na autoridade da sua empresa e na diferenciação dela perante a concorrência. Essa possibilidade existe porque o público que teve uma boa experiência com seus serviços poderá recomendá-lo para outras pessoas. 

Quais os impactos do growth marketing sobre as vendas do setor?

Até aqui, você conferiu que as vendas no mercado imobiliário podem sentir os impactos positivos da sua estratégia com foco em growth marketing. Esse cenário é resultado, principalmente, da geração de novos leads para a sua empresa. 

Com isso, uma das principais vantagens é a possibilidade de fazer com que o próprio público encontre os seus serviços. Dessa forma, em vez de sua empresa tomar a iniciativa, o cliente buscará suas campanhas e poderá demonstrar interesse em contratar seus serviços.

Vale destacar, ainda, que seu time de vendas poderá realizar um trabalho mais eficiente e rápido de conversão. Afinal, esse cliente potencial já está em um estágio avançado de processo decisório. Então o trabalho de convencimento pode ser mais rápido. 

Ilustração mostra o funil de vendas relacionado a jornada de compra dos clientes e suas respectivas etapas, de acordo com os estágios do funil.
O funil de vendas se relaciona diretamente com cada etapa da jornada dos potenciais clientes. Fonte: Blueprint

Todos esses detalhes ganham uma importância ainda maior na área imobiliária — que costuma demandar maior volume financeiro em suas negociações. Logo, é preciso se destacar em relação à concorrência e valorizar o processo de construção de confiança com seu público-alvo. 

Para tanto, é interessante encontrar maneiras para integrar os setores de marketing e vendas em sua empresa. A criação de uma rotina de comunicação mais fluida entre eles é essencial para agilizar o contato e a conversão dos leads.

Como usar growth marketing em seu planejamento? 

Como vimos, estratégias de growth marketing são vantajosas porque permitem que você fortaleça o relacionamento com seu público e aumente suas vendas. Então vale a pena entender como desenvolver um planejamento com esse foco. 

Saiba mais!

Identifique seu público-alvo

O primeiro passo do seu plano de growth marketing começa com a identificação do seu público-alvo. O sucesso da estratégia depende de sua definição correta. Para isso, você deve criar a persona da empresa. 

Ela funciona como uma espécie de representação do seu cliente ideal, ou seja, a persona permite que você consiga fazer uma melhor segmentação em sua estratégia. Você pode identificá-la a partir da coleta de dados dos seus clientes atuais. 

A ideia é encontrar pontos que são similares entre eles — como idade e classe social. Também vale a pena fazer grupos focais com esse público para conhecer aspectos mais qualitativos, como os objetivos pessoais. 

Estruture os elementos-chave da estratégia

O growth marketing é uma estratégia com foco em eficiência. Por isso, ela conseguiu obter sucesso com startups disruptivas e pode trazer benefícios para o mercado imobiliário. 

Mas, para alcançar essa eficácia, você precisa definir os elementos-chave nos quais serão aplicados esforços. Assim, aumentam as chances de sua empresa conseguir atingir os resultados que espera. 

Estabeleça os indicadores de performance

O seu planejamento de growth marketing também deve conter os indicadores de performance. Eles são indispensáveis para medir a efetividade das ações com mais clareza e tomar melhores decisões.

Os Key Performance Indicators (KPIs), ou indicadores-chave de performance, são fundamentais nessa etapa. Por meio deles, você consegue definir uma meta principal e as métricas que indicam se ela está próxima de ser alcançada.

Por exemplo, se o foco da sua empresa é aumentar a quantidade de vendas, um indicador importante é a quantidade de leads que sua estratégia converteu. Nesse sentido, você deve criar formulários de contato para passar ao time de vendas.

Para entender melhor, imagine que você tem o objetivo de fechar cinco novos clientes por semana e o seu time de vendas consegue converter 20% de todos os leads. Isso significa que, para alcançar as vendas desejadas, é preciso gerar, pelo menos, 25 novos leads regularmente. 

Defina os canais que serão utilizados

Existem diversos canais que você pode explorar durante seu planejamento de growth marketing. Embora todos eles apresentem benefícios e possam ser explorados, o ideal é concentrar esforços nos meios mais estratégicos.

O marketing de conteúdo, por exemplo, consiste na produção de materiais ricos e com atenção para as possíveis dúvidas da persona. Ele tem o objetivo de ampliar a autoridade da sua empresa no mercado imobiliário e gerar leads constantemente.

Além de ter um site ou um blog com conteúdos de valor, as mídias sociais também podem ser canais estratégicos. Isso porque as pessoas passam cada vez mais tempo on-line. Dessa maneira, explorá-las é muito benéfico para os negócios.

Contudo, a definição dos canais deve ser feita de acordo com as predileções da sua persona — visto que você precisa estar onde ela estiver. Ademais, para gerar ainda mais eficiência e escalabilidade, é importante atentar-se para o seu posicionamento e o tom de voz da marca. 

Analise os resultados

Por fim, o planejamento de growth marketing demanda acompanhamento regular dos seus resultados. Afinal, não é interessante definir uma estratégia e não monitorar regularmente os números gerados por ela. 

Então é fundamental seguir os indicadores e analisar se os objetivos estão próximos de serem alcançados. Desse modo, será possível desenhar novas abordagens para acelerar os resultados, caso seja necessário.

Além disso, vale ficar atento às novas tendências. Tanto o marketing quanto o mercado imobiliário se atualizam constantemente. Por isso, é necessário acompanhar as mudanças para que sua estratégia de growth marketing seja a mais eficiente possível. 

Como foi possível aprender, explorar o potencial da transformação digital pode ser benéfico para suas vendas. Portanto, uma estratégia com foco em growth marketing pode ser uma alternativa para alcançar os objetivos das suas campanhas. 

Quer saber mais sobre todo o potencial do mercado imobiliário? Conheça as principais inovações e tendências do setor!

Foto do autor Vince
Por Vince

Índice
  • O que é growth marketing?
  • Para que serve o growth marketing?
  • Quais as vantagens do growth marketing para o setor imobiliário?
  • Quais os impactos do growth marketing sobre as vendas do setor?
  • Como usar growth marketing em seu planejamento?
Foto do autor Vince
No Apto desde 2015, antenado e atento aos detalhes do mercado imobiliário, traz explicações sobre as principais inovações e novidades do setor.

Assine a news do Blueprint

Assine Grátis e receba a news semanal com os melhores conteúdos do mercado imobiliário.

Quer relatar sobre algum erro? Avise a gente
Compartilhe: