Logo do Blueprint
Fechar
Logo do Blueprint
Fechar

Construção civil: tudo sobre o setor e sua relação com o mercado imobiliário

Apesar das dificuldades, o setor de construção civil vem demonstrando boas perspectivas de crescimento — o que pode impactar o mercado imobiliário. Entenda!

O setor de construção civil é um dos mais relevantes para a economia nacional. Nos últimos anos, esse setor tem gerado boas oportunidades, confira!

O setor de construção civil é um dos mais relevantes para a economia nacional. Afinal, ele é responsável pela geração de milhares de empregos e pelo aumento da renda de boa parte da população. Portanto, o seu desempenho tem reflexos diretos no crescimento do País.

Nos últimos anos, esse setor tem gerado boas oportunidades. Isso se deve, principalmente, ao crescimento do mercado imobiliário. Esse, por sua vez, também pode ser impactado por diversos fatores envolvidos nas atividades de construção. 

Ao entender como se dá a ligação entre construção civil e mercado imobiliário, o corretor de imóveis pode se beneficiar dos movimentos que ocorrem nesses dois segmentos. Acompanhe!

Como esteve o cenário da construção civil nos últimos anos?

Para começar, é interessante ver as transformações pelas quais a construção civil passou. O estudo sobre a construção civil e os trabalhadores: panorama dos anos recentes, do Departamento Sindical de Estatística e Estudo Econômico (DIEESE), e outras pesquisas ajudam a demonstrar esse movimento.

Entre 2004 e 2013, o setor apresentou uma forte alta. Entre as principais razões desse bom desempenho estavam o aumento do financiamento devido às melhores condições de crédito imobiliário. Somavam-se a isso a redução das taxas de juros e a expansão da renda e do emprego. 

No final desse período, ainda houve um incremento nas obras de infraestrutura para a realização da copa do mundo que aconteceu no Brasil em 2014. Porém, a partir daí, o segmento de construção começou a sofrer as consequências negativas de uma recessão econômica que assolou o Brasil.

Afinal, com altas taxas de desemprego e juros elevados, a tomada de empréstimos e financiamentos ficou mais difícil. Assim, a procura por imóveis e a abertura ou a ampliação de pontos comerciais e industriais diminuiu — desaquecendo o setor de modo geral.

Foi apenas em 2019 que a construção civil voltou a ter resultados positivos, devido ao crédito para pessoas jurídicas. Houve um estímulo para a criação e a expansão do comércio e da indústria. Esse movimento resultou no aumento de empregos e renda para os brasileiros.

A elevação do poder de compra, aliada à oferta de melhores condições de financiamento imobiliário oferecidos para pessoas físicas, fez com que o setor crescesse ainda mais. No entanto, a tendência não se manteve no início de 2020, como você verá a seguir.

Qual o panorama da construção civil atualmente?

Vimos que a construção civil começou a demonstrar resultados animadores em 2019. Porém, no ano seguinte, a pandemia provocada pela COVID-19 gerou preocupações no setor. Isso porque, no início da crise sanitária, houve uma redução das atividades devido às regras de isolamento social.

Outro problema foi a escassez de matéria-prima, que dificultou o abastecimento do mercado interno e limitou as obras em andamento. Além disso, o setor ainda enfrentou a elevação no custo dos materiais de construção devido à alta do Dólar. Como resultado, o ritmo de produção diminuiu.

Apesar disso, a construção civil se recuperou pouco tempo depois e se manteve aquecida tanto no final de 2020 quanto em 2021. Diversos fatores contribuíram para esse desempenho positivo. Um deles foi o aumento das obras de infraestrutura de transportes.

Somente no ano de 2020, o Ministério da Infraestrutura entregou 92 obras ao País, conforme dados apresentados no site do Governo Federal. No setor rodoviário, foram mais de 1.430 quilômetros de pavimentação, restauração e reconstrução de estradas. 

A mudança no comportamento do consumidor também estimulou o crescimento do setor de construção civil. Ao passar um longo período em casa, o público valorizou mais o ambiente. Para adequá-lo aos seus desejos, as pequenas reformas foram essenciais.

Outros aspectos relevantes foram as taxas de juros mais baixas aliadas e o alto déficit habitacional, fazendo com que o setor pudesse se manter aquecido. Assim, as melhores condições de financiamento de imóveis possibilitaram o atendimento da necessidade por habitações específicas.

Anuncie seus lançamentos imobiliários no Apto!

Quais são as tendências para os próximos meses de 2022?

Depois de saber como a construção civil tem se portado nos últimos tempos, é possível perceber que há boas expectativas para o setor devido, principalmente, ao crescimento do mercado imobiliário. 

Por essa razão, é importante estar atento às tendências que podem ser vistas nos próximos meses de 2022 e no futuro. Confira!

Construções mais sustentáveis

Cada vez mais os consumidores estão buscando aliar questões ambientais e sociais em suas decisões pessoais. Por isso, a demanda por empreendimentos imobiliários mais sustentáveis é uma das tendências previstas no setor de construção civil para o ano de 2022. 

Desse modo, os corretores de imóveis devem se atualizar sobre o tema se quiserem aproveitar a tendência para fechar mais negócios. Com isso, é possível buscar bons empreendimentos e apresentar as vantagens para os clientes.

Use de tecnologia nos processos e nas obras

O aumento do uso da tecnologia tem conduzido o setor a novos horizontes. Logo, ela tem sido e continuará sendo uma aliada importante para a construção civil e o mercado imobiliário. Nesse contexto, entre as principais soluções tecnológicas estão:

  • Impressão 3D;
  • Realidade virtual e aumentada;
  • Máquina com tecnologia de ponta;
  • Digital twin — versão digital de um empreendimento.

Escassez e elevação nos custos de insumos

Como você viu, a escassez e a elevação nos custos de insumos afetaram a construção civil em 2020 e 2021. A previsão é de que estes permanecerão como os principais obstáculos a serem superados pelo setor nos próximos meses, o que pode dificultar a entrega de imóveis, além de encarecê-los.

Dessa forma, também é importante conhecer os desafios para saber como eles podem afetar o mercado imobiliário e os seus negócios. Com informações de qualidade, fica mais fácil saber como driblar as dificuldades e ajudar seus clientes.

Neste artigo, foi possível conferir as principais informações sobre a construção civil e a sua relação com o mercado imobiliário. Estar atento a essas informações permite que você aproveite as oportunidades que podem surgir e contorne os desafios previstos!

Quer ganhar destaque no mercado imobiliário e gerar muitas vendas? Anuncie seus lançamentos imobiliários no Apto!

Faça parte do Blueprint

Assine Grátis e receba a news semanal com os melhores conteúdos do mercado imobiliário.

Foto do autor Vince
Por Vince

Índice

  • Como esteve o cenário da construção civil nos últimos anos?
  • Qual o panorama da construção civil atualmente?
  • Quais são as tendências para os próximos meses de 2022?
Compartilhar esse post:

Quer relatar sobre algum erro? Avise a gente

Compartilhe: