Logo do Blueprint
Fechar
Logo do Blueprint
Fechar

A explosão da quantidade de piscinas privadas alcança o setor de econômicos

 Vista de piscina retangular, com solário repleto de espreguiçadeiras no lazer do Vibe Campo Belo.

Basta um sobrevoo virtual pelos extremos de qualquer cidade brasileira para notar as desigualdades socioeconômicas expressas na configuração da malha urbana, na arborização e na infraestrutura dos bairros. A piscina também pode ser um medidor da desigualdade em localidades quentes, pois os bairros com maior concentração de renda por habitante costumam ter mais piscinas. 

Os valores para a construção desse equipamento são, obviamente, o fator que cria disparidades, pois, de acordo com o Habitissimo, o preço médio para a construção de uma piscina é de R$ 26.922. As piscinas públicas, como as oferecidas pelo SESC, têm a capacidade de atender a população que não possui uma em sua própria residência, no entanto uma nova realidade já é prevista em empreendimentos Minha Casa Minha Vida e Casa Verde e Amarela.

 Vista de piscina retangular, com solário repleto de espreguiçadeiras no lazer do Vibe Campo Belo.
As piscinas se tornaram parte do lazer em empreendimentos econômicos. Fonte: Vibe Campo Belo, no Apto

Os produtos econômicos passaram por transformações nos últimos anos e, além do projeto paisagístico estar sempre presente, as piscinas tornaram-se comuns, o que era raridade há cerca de cinco anos! A prova disso é que todos os empreendimentos da Vibra anunciados no Apto têm piscina, boa parte dos lançamentos verticais da MRV, entre outros exemplos.

Apesar de piscinas não serem elementos essenciais para a vida humana, essa tendência contribui de maneira significativa para a qualidade de vida das pessoas, além de serem um elemento no qual o comprador vê real benefício para a taxa de condomínio, um dos grandes entraves para moradores de casas que pensam em mudar para residenciais econômicos.

Faça parte do Blueprint

Assine Grátis e receba a news semanal com os melhores conteúdos do mercado imobiliário.

Foto da autora Thainá Neves
Por Thainá Neves

Compartilhar esse post:

Quer relatar sobre algum erro? Avise a gente

Compartilhe: