Logo do Blueprint
Logo do Blueprint

ESG e o mercado imobiliário com propósito

Foto da autora Thainá Neves
Por Thainá Neves em 2 mins de leitura

A movimentação causada pelo assunto ESG nos últimos meses demonstra a busca por investimentos responsáveis. Isso não é à toa, afinal, além dos investidores, os consumidores e a sociedade, de maneira geral, se vêem mais preocupados em apostar nos produtos e nos serviços de marcas social e ambientalmente corretas.

Significado das siglas ESG.
Traduzindo para o português, as siglas ESG significam ambiental, social e governança. Fonte: istockphoto

O vice-presidente de Finanças e Estratégia do Grupo Boticário, Marcelo Azevedo, acredita que o comportamento da sociedade indica uma tendência ao descrédito em modelos de negócio sem propósito de sustentabilidade. “Na perspectiva de cinco anos, se você não tiver esses compromissos, há um risco de a companhia não performar e ter perdas financeiras”, explicou Azevedo em Webinar promovido pelo Insper.

De acordo com a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), a cada cinco reais emprestados pelos bancos para pessoa jurídica em 2020, mais de um real foi direcionado para empresas relacionadas à economia verde, reforçando o crescimento dos títulos verdes, ou green bonds.

Assim, o mercado imobiliário cada vez mais verde é resultado de uma transformação que vai além da busca por certificações de sustentabilidade, envolve uma competição benéfica entre os gestores, para que sejam atingidas essas novas métricas.

Faça parte do Blueprint

Clique em Assine Grátis e receba a news semanal com os melhores conteúdos e notícias do mercado imobiliário.

Compartilhe:

Mais conteúdos imobiliários: