Logo do Blueprint
Fechar

Desenho universal para o futuro da população brasileira

Acessibilidade é uma pauta importante para a existência do futuro e deve ser considerada em todas as escalas das cidades.

Foto da autora Thainá Neves

Para garantir o acesso de todos à moradia, a Lei de Acessibilidade decreta que as construtoras entreguem apartamentos totalmente adaptados e, mesmo que não exista essa solicitação por parte de nenhum comprador, 3% das unidades do projeto devem atender às regras de acessibilidade.

Portas com vão livre de 80 cm, corredores com largura mínima de 90 cm, barras de apoio no boxe, banheiros sem desnível, torneiras com acionamento por alavanca e sensor, ou mesmo tomadas com alturas adaptadas. Esses são alguns detalhes que promovem acessibilidade para o público PcD nos edifícios e também nos residenciais voltados para a população 60+.

Existem legislações que garantem a acessibilidade física no interior dos empreendimentos. Fonte: Jardim das Mangabeiras, no Apto

O Brasil tem mais de 17 milhões de pessoas com deficiência (PcD), e a quantidade de idosos, que já corresponde a mais de 10% da população, irá ultrapassar os 25% no ano de 2060. Esse cenário, certamente, reforça a importância da pauta acessibilidade e nos mostra que é preciso ir além, falando sobre cidades com desenho universal.

Uma rampa, por exemplo, não precisa ser apenas uma alternativa para determinado trajeto, mas pode ser o caminho principal. Dessa maneira, além de assegurar acessibilidade para quem apresenta limitações de locomoção, proporciona conforto para empurrar um carrinho de bebê ou mesmo puxar uma mala de viagem. 

O conceito de desenho universal garante espaços que são, desde o início, pensados para crianças, adultos e idosos nas mais diversas condições, promovendo uma equidade que não se limita ao interior dos empreendimentos.

Foto da autora Thainá Neves
Arquiteta dedicada á pesquisa desde o inicio de sua formação, sempre atenta ao que surge de melhor para a criação de cidades mais sustentáveis.
Quer relatar sobre algum erro? Avise a gente
Compartilhe:
Mais conteúdos imobiliários:
A madeira e a construção civil

A madeira e a construção civil

A utilização da madeira na construção civil garante diversos benefícios ambientais, mas também pode aumentar a produtividade e a eficiência da obra.
Foto da autora Nathalia Zanardo
Nathalia Zanardo
blueprint retrospectiva 2022

✨ Retrospectiva 2022

Confira a retrospectiva especial que fizemos para destacar as 5 principais pautas do mercado imobiliário que foram mais acessadas em 2022.
Foto do autor Vince
Vince
Transformação digital no mercado imobiliário continua forte

Transformação digital no mercado imobiliário continua forte

Confira como a transformação digital aconteceu no mercado imobiliário nos últimos anos, principalmente desde a Covid-19.
Foto do autor Alex Frachetta
Alex Frachetta