Crise energética e mais atenção ao ESG: o que muda?

Foto da autora Giovana Costa

O setor imobiliário aumentou a incorporação dos critérios Environmental, Social and Governance (ESG) nos seus projetos de investimento, devido à crescente demanda de investidores e em resposta à crise energética. Desse modo, as construções sustentáveis passaram a chamar a atenção da sociedade como um todo.

De acordo com um levantamento feito pela ABRAINC e pela Brain Inteligência Estratégica, há uma parcela de brasileiros disposta a investir em imóveis mais sustentáveis. O estudo revelou que:

  • 66% dos entrevistados consideram importante ter energia solar;
  • 56% pagariam mais por uma residência com tecnologia para reutilização de água de chuva;
  • 57% das pessoas preferem moradias com espaços arejados e integrados à natureza.

Além dos selos sustentáveis já existentes, o selo Excellence in Design for Greater Efficiencies (EDGE) tem aparecido cada vez mais nos lançamentos. Com o objetivo de otimizar projetos para usar menos energia, água e energia incorporada em materiais, a certificação já é utilizada em mais de 180 países.

Infográfico em cinco cores, laranja - ocupantes, verde - incorporadoras, azul - proprietários, lilás - instituições financeiras e rosa - sociedade, ilustra quais benefícios a certificação EDGE pode oferecer para cada um dos setores indicados.
O infográfico ilustra quais benefícios a certificação EDGE pode oferecer. Fonte: Centro de Tecnologia de Edificações

processo de certificação envolve:

  • Uma etapa preliminar, que considera o projeto do empreendimento como um todo;
  • Uma certificação final, concedida no momento da entrega do imóvel;
  • O reconhecimento do selo, que acontece somente se o empreendimento atingir, no mínimo, 20% de eficiência em cada uma das categorias.

Cada unidade habitacional possui o seu certificado individual para atestar o desempenho do imóvel. Inclusive, a Tegra Incorporadora é uma das empresas que assumiu o compromisso anteriormente e segue investindo em projetos sustentáveis.

Projetos com certificação Edge já comprovam as transformações no setor. Por exemplo, o Ode Perdizes, que gera uma economia de 29% no consumo energético e de 21% no consumo hídrico, e o Gravura Perdizes, cuja eficiência energética atinge os 32% e a redução da energia incorporada nos materiais é de 30%.

Foto da autora Giovana Costa
Jornalista entusiasta do audiovisual e editora com foco em SEO. Cobre o mercado imobiliário com foco nas inovações e nas novidades que transformam o setor (e o mundo).
Quer relatar sobre algum erro? Avise a gente
Compartilhe:
Mais conteúdos imobiliários:
Carro elétrico laranja e preto, de pequeno porte, sendo recarregado, representando a mobilidade elétrica.

Consumidores buscam maior mobilidade elétrica no mercado imobiliário

A mobilidade elétrica vem ganhando atenção, pois, além de soluções inovadoras, ainda oferece mais sustentabilidade, aparecendo com mais frequência nos últimos lançamentos imobiliários.
Foto da autora Giovana Costa
Giovana Costa
Confira 46 frases motivacionais para corretor de imóveis

Confira 46 frases motivacionais para corretor de imóveis

Confira frases motivacionais selecionadas especialmente para ajudar corretores de imóveis na profissão, dentro e fora do setor imobiliário.
Foto da autora Giovana Costa
Giovana Costa
Fabricação das peças da Shein.

Caso Shein: e se fosse no mercado imobiliário?

Se uma empresa conseguisse fazer lançamentos imobiliários pela metade do preço, como você acha que seria o desempenho de vendas dela?
Foto do autor Alex Frachetta
Alex Frachetta