Logo do Blueprint
Logo do Blueprint

Detalhes que auxiliam o comprador a entender os empreendimentos

Foto da autora Thainá Neves
Por Thainá Neves em 2 mins de leitura

O número de investidores de imóveis cresceu, no entanto a procura para fins residenciais ainda é a mais expressiva, afinal 58% dos compradores adquirem imóveis para moradia. Considerando que os paulistas compram menos de dois imóveis durante a vida, é importante dar informações descomplicadas para uma compra assertiva. 

No digital, as empresas mais inovadoras do mercado imobiliário oferecem vídeos explicativos, calculadora de financiamento e plantas isométricas que evoluíram para o tour virtual, uma das principais tecnologias que ajudaram o mercado imobiliário a enfrentar 2020. 

Pensando nas barreiras que o comprador pode enfrentar ao ler uma planta baixa, o Apto oferece a planta ilustrada pela própria equipe, descrevendo de maneira visual os diferenciais que existem nos apartamentos.

 

Planta ilustrada do apartamento de 79 m², no 1300 Jurupis. Fonte: Apto

As indicações levam em conta os interesses do público do empreendimento. Há diferenciais facilmente identificáveis na planta, por exemplo a varanda integrada, e outros que não estão desenhados, mas são importantes, como é o caso da infraestrutura para ar-condicionado.

No mundo físico dos estandes de venda, além das maquetes feitas em impressora 3D, que são bastante realistas, existem as mecanizadas. O empreendimento Lakeside Residence ganhou uma maquete automatizada, permitindo que a torre seja elevada para enxergar o lazer indoor em detalhes. 

O apoio multissentido, combinando texto, imagem, vídeos e maquete, sem dúvidas facilita o entendimento em detalhes, auxiliando as pessoas a realizarem a compra mais importante de suas vidas e influenciando, até mesmo, no tempo de decisão.

Faça parte do Blueprint

Clique em Assine Grátis e receba a news semanal com os melhores conteúdos e notícias do mercado imobiliário.

Compartilhe:

Mais conteúdos imobiliários: