Logo do Blueprint
Logo do Blueprint

Apesar de já estarmos no final de novembro, nunca é demais falar sobre saúde mental, principalmente nesse período de pandemia e distanciamento social, no qual muitas pessoas estão se sentindo ansiosas e solitárias.
O Setembro Amarelo é uma campanha de conscientização sobre a prevenção ao suicídio, criada em 2014, pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) e pela Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP). A proposta dessa campanha é associar a cor ao mês que marca o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio, 10 de setembro.

Lidar com uma grande carga emocional sozinho(a), por causa da pandemia, pode ser extremamente desgastante. Fonte: Imepac

No Brasil, estima-se que ocorra um suicídio a cada 45 minutos. Desses casos, 96,8% estão relacionados a transtornos mentais, sendo a depressão o mais frequente. Como a solidão pode aumentar o risco de depressão e ansiedade, o período de quarentena foi considerado um momento muito delicado em relação à saúde mental, principalmente para quem mora sozinho, com destaque para os mais velhos. A proporção de pessoas que moram sozinhas tem aumentado por causa de fatores relacionados ao envelhecimento da população e ao aumento das taxas de divórcio.

Como o mercado imobiliário pode ajudar?

Na cidade de São Paulo, considerando os cuidados que a nova fase da pandemia pede, as moradias compartilhadas têm se destacado como uma alternativa contra a solidão. Enquanto isso, mais um indicativo de que estreitar os laços humanos e criar conexões reais é essencial para a saúde foi o fato de a demanda de quartos para locação com foco no co-living ter dobrado. Afinal, chamadas de vídeo ajudam, mas não são suficientes para suprir a necessidade biológica de criar interações reais.

Alguns empreendimentos trazem uma interessante organização do espaço com o objetivo de valorizar as interações sociais. É o caso dos Mega Lounges da Vitacon, que estão no VN Oscar Freire e no Vita Ipiranga, por exemplo. São espaços de convivência conectados, que podem incluir salão de festas, bar, salão de jogos e até coworking. Boas opções para incentivar o convívio social e afastar a solidão.

Cuidar da saúde mental é muito importante, por isso, não deixe de manter contato com amigos e familiares, mantendo o distanciamento social e o uso da máscara. Caso você perceba padrões de sofrimento emocional persistentes, converse sobre eles e busque ajuda profissional. Cuide-se.

Compartilhe:

Mais conteúdos imobiliários:

Construção com Isopor promete ser mais rápida e resistente

Construção com Isopor promete ser mais rápida e resistente

Canteiro de obra como espetáculo

Canteiro de obra como espetáculo

A arquitetura residencial já indica novos rumos pós-COVID-19

A arquitetura residencial já indica novos rumos pós-COVID-19

Mail Icon

Quer receber conteúdos como esse no seu e-mail gratuitamente?

O Blueprint respeita sua privacidade. Usamos cookies para melhorar sua experiência e ao continuar navegando você concorda com a nossa Política de Privacidade.