Logo do Blueprint
Logo do Blueprint

O mercado imobiliário no radar dos investidores

Foto da autora Giovana Costa
Por Giovana Costa em 3 mins de leitura

A falta de certezas sobre a duração da pandemia provocada pelo coronavírus e as tensões no ambiente político trouxeram grandes questionamentos sobre a economia e os planos dos investidores. Afinal, quais investimentos estão valendo a pena diante de todas as oscilações? Porém, apesar das dificuldades, um antigo conhecido passou a ganhar destaque: o investimento imobiliário.

Com a taxa Selic no menor patamar da história, aliada aos baixos juros, logo foi revelado um mercado aquecido e repleto de potencial. Assim, surgiram incentivos como estratégias para investir em imóveis, possibilidades sobre como o Pix poderia movimentar o mercado e diversas outras projeções.

O resultado? Um notável interesse partindo dos investidores: menos de um ano após alcançar a marca de 500 mil investidores, os fundos imobiliários alcançaram a marca de 1 milhão de pessoas físicas, registrando um crescimento de 76% no total até novembro de 2020. Os especialistas ainda preveem a possibilidade de terminar 2021 com uma base de 2 milhões a 2,5 milhões de investidores pessoas físicas.

FIIs mais negociados em 2020 e sua evolução em relação ao volume médio diário negociado
FIIs mais negociados em 2020 e sua evolução em relação ao volume médio diário negociado. Fonte: B3 | Abrainc

E não para por aí! Até mesmo um “tinder imobiliário” voltado para megainvestidores foi criado. Com o objetivo de facilitar os negócios entre líderes do setor, foi desenvolvida a plataforma on-line GRI eCommunity, do grupo GRI Club, a qual surgiu, durante o momento de incertezas, com a intenção de tornar-se um canal que proporciona fluxo e liquidez para os investidores. A plataforma, com mais de 5 mil membros inscritos, conecta os interesses em comum dos investidores.

Chegamos ao início de mais um ano. O mercado imobiliário evoluiu durante as dificuldades de 2020 e também preparou novas expectativas para 2021, principalmente em relação às transformações digitais. Além disso, a liberação da Anvisa em relação ao uso emergencial das vacinas Coronovac e de Oxford revela novas perspectivas para o futuro da vida e também da economia no País. Será este o ano de consolidação das transformações digitais experimentadas pelo mercado imobiliário? Estamos ansiosos para descobrir.

Faça parte do Blueprint

Clique em Assine Grátis e receba a news semanal com os melhores conteúdos e notícias do mercado imobiliário.

Compartilhe:

Mais conteúdos imobiliários: