Logo do Blueprint
Logo do Blueprint


A abertura do térreo de edifícios, com espaços ao ar livre ou galerias, cria possibilidades e movimenta a rua. Esse fluxo de pessoas traz segurança, afinal, é mais agradável andar por um local onde há movimento, ou seja, muros não são sinônimo de segurança.

O Conjunto Nacional e o Rochaverá são clássicos exemplos de edifícios onde os muros do térreo dão lugar ao passeio e ao encontro de pessoas. Neles, existe a conexão com a cidade sem afetar a privacidade dos andares superiores. 

Eduardo Carvalho, fundador e diretor da Moby Incorporadora, em publicação para a Veja São Paulo afirmou que o muro é o principal inimigo da cidade e o símbolo da divisão. Numa entrevista ao Blueprint, explicou: “Não é o muro que resolve a questão da segurança. O muro encobre um problema urbano, de projeto que não considera a mistura entre os usos. Na rua tem que ter gente”, afirmou Eduardo.

A rua também é feita de pessoas (não só de muros)
Vista aérea do Mourato, 473, com bancos e calçada ajardinada. Fonte: Apto

Eduardo acredita que a linhagem de produtos residenciais dos últimos cinco anos está mais atenta à cidade, mas ainda precisa evoluir. A urgência dessas questões reflete positivamente nos três projetos recentes da Moby. O Cotoxó 926 conta com uma pracinha aberta ao convívio e à conversa, da mesma maneira que o Mourato, 473 e o Amoreira valorizam a relação com a calçada por meio de bancos e jardins que sombreiam.

No O Parque Brooklin, da Gamaro, também são observados detalhes interessantes. O terreno abriga um verdadeiro parque com acesso ao público, que se abre para a cidade com caminhos, espelhos-d’água e espaços comerciais.

Vista aérea do empreendimento O Parque Brooklin. Fonte: Apto.

Existem diversas soluções para quebrar a barreira criada pelos muros. A fachada ativa e os empreendimentos multifuncionais são apenas algumas delas.

Quer saber mais sobre o assunto? Continuaremos nas próximas edições!

Compartilhe:

Mais conteúdos imobiliários:

Produtos MCMV – Evolução e tendência

Produtos MCMV – Evolução e tendência

Fachada ativa no segmento residencial

Fachada ativa no segmento residencial

CRECI lança portal imobiliário (mais um no mundo)

CRECI lança portal imobiliário (mais um no mundo)

Mail Icon

Quer receber conteúdos como esse no seu e-mail gratuitamente?

O Blueprint respeita sua privacidade. Usamos cookies para melhorar sua experiência e ao continuar navegando você concorda com a nossa Política de Privacidade.