Logo do Blueprint
Logo do Blueprint

Após o novo conceito de aluguel por assinatura, inovações chegaram ao setor de decoração, permitindo que o cliente escolha o que deseja, de acordo com as suas necessidades e pague apenas pelo tempo de uso, uma espécie de Netflix da decoração. Para exemplificar melhor, no mundo da moda circular há alguns modelos de negócios que funcionam de maneira semelhante. A startup Roupateca, por exemplo, é um verdadeiro guarda-roupa compartilhado, oferecendo um acervo com mais de 5 mil peças por meio do pagamento de uma mensalidade.

Voltando para os mobiliários, a Spaceflix oferece o aluguel de móveis, dando suporte desde a escolha até a entrega e montagem. Visando ainda mais flexibilidade, o tempo mínimo de assinatura da Tuim é de apenas três meses, abrindo inúmeras possibilidades para quem vai passar uma pequena temporada longe de casa, viajar a trabalho ou mesmo para redecorar ambientes em uma data comemorativa.

Tela de celular mostrando a plataforma Tuim em primeiro plano. Ao fundo, um notebbok aberto na Netflix enfatiza o avanço dos modelos de negócios por assinatura.
Os modelos de negócios por assinatura chegaram ao setor de decoração residencial. Fonte: Tuim

Há desde sofás, mesas, tapetes, até camas e peças para equipar o seu home office, quase sempre com a manutenção por conta da própria empresa, caso haja algum imprevisto. Se surgir o desejo de comprar os móveis, a Fernish permite que perto do final da assinatura, os itens sejam adquiridos pelo preço de varejo original, descontando o valor já pago.

Seguindo essas tendências de consumo, a Ikea iniciou testes com aluguel de móveis na Suíça ainda no ano de 2019. Essa estratégia faz parte do objetivo de tornar a empresa 100% baseada em economia circular até 2030!

Além de estender o tempo de utilização dos móveis, essa é uma solução perfeita para os nômades digitais pois, dependendo do tempo vivido em determinado lugar, pagar por móveis alugados sai mais barato do que comprar. Além disso, essa solução elimina as preocupações com carretos de mudança e possibilita que as pessoas repaginem o estilo da sua moradia a qualquer momento.

Compartilhe:

Mais conteúdos imobiliários:

Dados da pesquisa “PandeBuilding: Era pós-Covid19” mostram as principais tecnologias consideradas mais importantes em um edifício.

PandeBuildings: como será o futuro dos prédios após a pandemia?

Officeless e os novos modelos de trabalho

Officeless e os novos modelos de trabalho

Estacionamento multifuncional com espaços para praticar exercícios.

Repensar o espaço de garagem como potencial

Mail Icon

Quer receber conteúdos como esse no seu e-mail gratuitamente?

O Blueprint respeita sua privacidade. Usamos cookies para melhorar sua experiência e ao continuar navegando você concorda com a nossa Política de Privacidade.