Blueprint

23 outubro, 2020

O novo conceito de aluguel por assinatura

Autor: Victória Baggio

Embora as calculadoras mostrem que o mais indicado, neste momento, dada a queda da taxa Selic, seja investir na compra de imóveis, escolher entre alugar ou comprar é uma decisão muito pessoal, que varia de acordo com o estilo de vida de cada um. De pessoas jovens a experientes, o modo de vida dinâmico contemporâneo está composto de pessoas que seguem preferindo alugar.

O mercado, cada vez mais específico, já se encaminhou para satisfazer esse desejo criando o sistema de aluguel por assinatura. Os perfis desse nicho de mercado abrangem desde jovens a executivos, o que resulta em empreendimentos bastante diferenciados.

Boa parte dos millennials, com estilo de vida social, preferem os co-livings. A Yuca vem tornando isso possível através de uma plataforma de aluguel de quartos em apartamentos compartilhados. Esse público costuma passar temporadas em diferentes cidades e está disposto a pagar pelo benefício de morar com conforto sem preocupações cotidianas. A Housi, por exemplo, oferece pacotes de moradia que incluem, além do aluguel, internet e serviços pay per use. Já a JFL Living contém empreendimentos para quem busca mais exclusividade e luxo nesse novo conceito de habitar a cidade.



Apartamento no empreendimento V House. Fonte: JFL Living

Esses diferentes perfis compartilham algumas características em comum: são urbanos, não abrem mão de viver nas grandes cidades, em empreendimentos modernos, bem localizados, que reúnem praticidade e conforto. Tais perfis não querem se restringir a morar durante muito tempo no mesmo lugar, portanto preferem não se ater à compra de um imóvel nem a um contrato longo de aluguel. Para eles, a liberdade está em poder morar em diferentes lugares ao longo do ano, por exemplo, seja por trabalho, estudo ou novas experiências. Seja como for, o mercado está pronto e já oferece diferentes possibilidades para esse modo de viver. 

Esse novo conceito de aluguel por assinatura é bastante benéfico para o mercado imobiliário. Além da construção de novos empreendimentos inovadores, o sistema de locação sempre será, primeiramente, produto de compra para investidores, ou seja, o novo conceito de alugar traz para o mercado imobiliário mais produtos e também mais investidores imobiliários. 

LinkedIn LinkedIn

Facebook Facebook

Twitter Twitter

O clássico conceito de comprar imóvel

Autor: Alex Frachetta

Compradores de imóveis: onde vivem, o que fazem, do que se alimentam?

Globo Repórter da semana passada falou sobre a dificuldade do emprego que se agravou durante a pandemia e mostrou exemplos de pessoas que tiveram que usar a criatividade para dar a volta por cima. Espontaneamente, quase todos falaram que estão na batalha da vida para realizar o maior sonho, que é comprar o imóvel próprio.

Aqui no Apto, especializado em imóveis novos, o tíquete médio dos imóveis é de R$ 622 mil. Para comprar um imóvel nesse valor, dando uma entrada de 20%, a família precisa ter uma renda de cerca de R$ 14.000/mês.

Pesquisa de Orçamentos Familiares – 2008-2009, do IBGE, informa que no Brasil existem 2.204.938 famílias com rendimento de mais de R$ 10.375/mês. Isso significa que o Apto se comunica principalmente com apenas 3,8% das famílias brasileiras. 

Se considerarmos todo o universo de imóveis à venda, novos ou usados, podemos afirmar que 31% das famílias brasileiras tem poder de compra de imóvel. É uma conclusão com segurança, afinal somei apenas as famílias com rendimento superior a R$ 2.490/mês, mas com um pouco menos também é possível comprar.



Funil imobiliário com taxas de conversão. Fonte: Apto.

Como compram? 82% acessam o Apto pelo celular, com pico das 20h às 22h. O dia da semana com maior acesso é o Domingo. Normalmente as pessoas namoram cerca de 10 empreendimentos, visitam 4 até comprarem o imóvel perfeito para elas. 💙

Como financiam? O tempo de decisão médio do mercado é de 6 meses. Muito desse tempo se deve à burocracia sobre financiamento imobiliário. Segundo o Itaú, as pessoas financiam em 30 anos, mas a média de quitação é de 9 anos.

Como vivem? Isso é para um próximo Globo Repórter. 🙂

LinkedIn LinkedIn

Facebook Facebook

Twitter Twitter

Blueprint Recomenda

Uma vez disseram

“Faça algo de que realmente goste e que, esperançosamente, pague o aluguel. Até onde eu sei, isso é sucesso.”

Tom Petty, compositor e cantor estadunidense de rock. Originou a banda The Epics e também foi fundador e vocalista da banda Tom Petty and the Heartbreakers.

LinkedIn LinkedIn

Twitter Twitter

E-mail E-mail

Blueprint Blueprint