Logo do Blueprint
Fechar

A alta da Selic de 2022 não deve preocupar o mercado imobiliário

A alta recente na Selic em 2022 tem gerado dúvidas nas pessoas se é uma boa hora para comprar imóvel. Para entender o cenário atual, vamos olhar a taxa histórica dos últimos 10 anos.

Se tem uma palavra que a economia do Brasil não conhece é essa: estabilidade. Nos últimos 10 anos, a oscilação da Selic parece uma montanha-russa.

Oscilação da Selic nos últimos 10 anos.
Oscilação da Selic nos últimos 10 anos. Fonte: Banco Central

Isso é especialmente ruim para o mercado imobiliário, porque para comprar o bem mais caro da vida, é necessário um mínimo de confiança na economia para que as pessoas possam se planejar para o longo prazo; afinal, um contrato de financiamento imobiliário padrão dura 30 anos.

Em 2022, muitas pessoas estão receosas sobre comprar imóvel por conta da alta da Selic. Se compararmos com a taxa mínima histórica do ano passado, realmente parece um mau negócio. Inclusive, o affordability, medido pela Fipe em parceria com a ABRAINC, já demonstra redução de 5% na capacidade média de compra ou de financiamento de imóveis residenciais pelas famílias.

Porém, olhando de maneira mais ampla, ⏤ se compararmos com 2017, 2016, 2015 e 2014 ⏤, 2022 parece um ano normal para comprar imóvel.

Muitos economistas, como o Raphael, do canal Ideias Radicais, já afirmavam que a Selic no patamar mínimo que atingiu era irreal e artificial, por isso o Dólar subiu tanto.

Então, qual a chance de voltarmos a ter a Selic na faixa de 2% no curto prazo? Diria que é quase nula e acredito que ela vai continuar flutuando na faixa dos 10% como foi nos anos anteriores.

A Selic não está boa, porque a nossa economia está ruim. Porém, ela nunca foi boa. Logo, este é só mais um ano normal no Brasil.

Foto do autor Alex Frachetta

Categorias
Foto do autor Alex Frachetta
CEO e Fundador do Apto. Pós-graduado em Inteligência de Mercado, DNA de tecnologia, há 10 anos cria e acompanha as inovações imobiliárias.

Assine a news do Blueprint

Assine Grátis e receba a news semanal com os melhores conteúdos do mercado imobiliário.

Quer relatar sobre algum erro? Avise a gente
Compartilhe: